Chronos do Tempo

O mundo dos relógios e jóias
Samsung Gear S2 - Simples e Elegante
31/Maio/2016

Ao contrário da crença geral, as mulheres gostam de gadgets! E, nada melhor que uma mulher para testar um destes aparelhos do ponto de vista da eficiência e das funcionalidades. Para nós, um gadget tem que ser eficiente, user-friendly e esteticamente bem desenhado.


Regra geral, estes aparelhos e também os relógios, são produzidos com um sem fim de funções (e botões) que raramente utilizamos. Quantas vezes usou a função de cronógrafo do seu relógio no último ano? Uma ou talvez nenhuma. Ou a bússola do seu telemóvel? Pois, não é uma necessidade imperativa do dia a dia saber para que lado está virado, se para Sul ou para Norte. Algumas destas funções, além de nos obrigar a ler um longo e aborrecido manual de instruções, não servem para nada e ocupam memória.


O Samsung Gear S2 preenche todos os requisitos de um relógio/gadget perfeitamente adequado ao estilo de vida actual, on-the-go.


Uma das principais críticas a este relógio é a ausência de microfone incorporado. Do meu ponto de vista, a última coisa que quero é andar no meio da rua, qual David Hasselhoff na década de 80, a falar para o relógio! Confesso que foi coisa que não me fez falta nos três meses em que testámos o relógio. Outros dos pontos a favor é “ter aspecto” de relógio, e não uma espécie de adereço saído de um filme de ficção científica, como é o caso do Apple Watch ou do anterior modelo da Samsung.


O aro rotativo permite a fácil navegação entre écrans e aplicações. Isto é especialmente cómodo quando se conduz ou se está no ginásio, sítio onde este relógio foi exaustivamente testado. 


A autonomia do relógio é muito boa. Com utilização normal, a bateria dura cerca de quatro dias, apesar das especificações técnicas dizerem que a bateria dura até 48 horas, dura mais. Se utilizar intensivamente aplicações como o S Heath, a bateria dura cerca de dois dias e meio. O método de carregamento é igualmente cómodo, basta encostar o relógio ao carregador (carregamento sem fios).  


Liga-se manualmente a redes wi-fi, mas se estiver emparelhado com o telemóvel liga-se automaticamente a todas as redes guardadas no mesmo.


Voltando ao assunto da falta do microfone, apesar de não podermos atender uma chamada e conversar alegremente com o relógio no meio de uma esplanada, partilhando assim as nossas chamadas telefónicas com o resto do mundo, o relógio dá-nos o alerta, assim como sms e emails. Pode-se argumentar que poderia ser útil enquanto se conduz, mas o telemóvel também tem função de alta-voz.


Do ponto de vista estético, o relógio é elegante e tem como ponto a favor o facto de vir com duas braceletes, uma mais pequena para senhoras. Vem com vários mostradores, mas já existem aplicações que lhe permitem escolher um aspecto mais clássico. Optei pelo mostrador do parceiro da Samsung, a Nike, que permite ter acesso à aplicação da “Nike +” com apenas um toque no mostrador. Testámos o modelo Classic, mas este relógio tem um modelo mais jovem e desportivo.


 “Health Partner”, ou parceiro para uma vida saudável, parece-me o cognome apropriado a este relógio, dado que é provavelmente o relógio melhor adaptado a quem faz exercício físico.


No dia-a-dia, o relógio mede todos os passos que dá e indica o objectivo ideal (6000 passos/dia), com resultados acessíveis a partir de um gráfico. Caso esteja muito tempo inactivo, o relógio vibra no seu pulso e no mostrador aparece a mensagem “Toca a mexer!”, dando-lhe os parabéns assim que o faz. Mede também os batimentos cardíacos.


S-Health


Para quem faz desporto esta é realmente a aplicação a ter. Para os adeptos de uma vida saudável, mesmo não tendo o relógio ou qualquer outro aparelho Samsung, aconselho descarregar a aplicação.


Aqui pode registar a quantidade de água que bebe, o café, horas de sono diárias, a frequência cardíaca, a pressão arterial, os níveis de glicémia, o peso e o que come diariamente, bastando seleccionar os alimentos e a aplicação faz o cálculo das calorias. Algumas funções só funcionam com os telemóveis da Samsung, como a medição do oxigénio no sangue e o nível de stress, que é medido pelo sensor nas costas do telemóvel junto à lente da câmara.


Mas mesmo não tendo um telemóvel Samsung, se tiver o Gear S2, poderá usufruir ao máximo esta aplicação. Basta seleccionar o tipo de exercício e o relógio monitoriza o mesmo, medindo a frequência cardíaca e informa-o sobre as calorias que perde. Estas informações são transmitidas à aplicação que vai fazendo o registo através de gráficos. Quando supera as marcas anteriores, o relógio além de lhe dar os parabéns, regista o feito numa espécie de “sala de troféus”, no separador “Prémios”, onde estão todas as suas taças virtuais, como o “Melhor Ritmo”, “Distância mais longa”, “Mais calorias queimadas”, entre outros.


Falámos com o empresário de fitness e atleta de pentatlo militar, Leonel Zava, que acompanhou de perto o teste deste relógio no ginásio.


Leonel Zava partilha a nossa opinião, de que este é um dos relógios mais completos para quem pratica desporto. No entanto, chamou a atenção para pontos que poderiam ser melhorados, como a possibilidade que fazer a média da frequência cardíaca, mostrando a máxima, a mínima e a média. Outro dos pontos, e como o relógio mede os movimentos corporais, é alargar as modalidades de exercício físico. Ninguém faz cardiofitness todos os dias, e por esse motivo, durante o treino semanal só pudemos registar o treino completo um dia por semana. Nos restantes dias, só registámos o exercício durante o aquecimento, porque não há opção de treino de musculação.  


Outra sugestão, queremos um mostrador S-Health, como o da Nike, por favor!


Nike+


Como já tinha sido referido, o relógio vem com o mostrador da Nike que dá acesso directo à aplicação, com apenas um toque no écran.


A aplicação liga-se ao Facebook e diz-lhe quais os amigos que utilizam a mesma aplicação e os seus resultados.


No entanto a aplicação tem alguns problemas. Mudámos a contagem para quilómetros (várias vezes), mas continuou a aparecer tudo em milhas. Ou seja, durante o treino ficamos sem saber o que corremos, por nem todas as pessoas sabem quanto é 1 milha. Outro dos problemas encontrados foi o problema do login, que se está constantemente a desligar. Não me apetece muito, cada vez que tenho que aceder à aplicação no telemóvel, estar permanentemente a fazer o login. Seleccionei a opção de login via Facebook e, mesmo no computador leva uma eternidade a entrar no site. Outro dos problemas é, mesmo com login através do Facebook, a aplicação estar constantemente a dizer-nos que os dados de login estão errados. Não, não é um problema de telemóvel, pois isto aconteceu com 3 telemóveis diferentes.


E esta aplicação só é útil para quem corre. No meu caso foi só testada na passadeira. Além disso só regista os quilómetros que corremos (neste caso milhas!), e dá-nos acesso ao que os nossos amigos correm.


Confesso que não fiquei “apaixonada”.


 


Do ponto de vista técnico, o relógio é rápido, nunca bloqueou ou mostrou algum problema do ponto de vista operacional.


Tem um mostrador de 42mm, o tamanho perfeito para homem e senhora, em aço inoxidável, com um vidro Corning Gorilla 3, écran Super AMOLED touchscreen 16M cores, resolução 360 x 360 pixéis. O sistema operativo é o Tizen-based wearable platform e processador Dual Core1.0 GHz Cortex A7. Memória 4 Gb, e 512 Mb de RAM. Outras funções, tem acelerómetro, gyro, frequência cardíaca, batrómetro, leitores MP3, MP4, AAC e WAV.


O Samsung Gear S2 é sem dúvida um doa melhores Smart Watches do mercado, tornando-se verdadeiramente excepcional quando funciona com os telemóveis da mesma marca, como o Edge S7. Prima sobretudo pela facilidade com que se navega entre aplicações e pela sua estética simples e elegante, que o distingue de outros produtos.


Ao contrário da crença geral, as mulheres gostam de gadgets! E, nada melhor que uma mulher para testar um destes aparelhos do ponto de vista da eficiência e das funcionalidades. Para nós, um gadget tem que ser eficiente, user-friendly e esteticamente bem desenhado.


Regra geral, estes aparelhos e também os relógios, são produzidos com um sem fim de funções (e botões) que raramente utilizamos. Quantas vezes usou a função de cronógrafo do seu relógio no último ano? Uma ou talvez nenhuma. Ou a bússola do seu telemóvel? Pois, não é uma necessidade imperativa do dia a dia saber para que lado está virado, se para Sul ou para Norte. Algumas destas funções, além de nos obrigar a ler um longo e aborrecido manual de instruções, não servem para nada e ocupam memória.


O Samsung Gear S2 preenche todos os requisitos de um relógio/gadget perfeitamente adequado ao estilo de vida actual, on-the-go.


Uma das principais críticas a este relógio é a ausência de microfone incorporado. Do meu ponto de vista, a última coisa que quero é andar no meio da rua, qual David Hasselhoff na década de 80, a falar para o relógio! Confesso que foi coisa que não me fez falta nos três meses em que testámos o relógio. Outros dos pontos a favor é “ter aspecto” de relógio, e não uma espécie de adereço saído de um filme de ficção científica, como é o caso do Apple Watch ou do anterior modelo da Samsung.


O aro rotativo permite a fácil navegação entre écrans e aplicações. Isto é especialmente cómodo quando se conduz ou se está no ginásio, sítio onde este relógio foi exaustivamente testado. 


A autonomia do relógio é muito boa. Com utilização normal, a bateria dura cerca de quatro dias, apesar das especificações técnicas dizerem que a bateria dura até 48 horas, dura mais. Se utilizar intensivamente aplicações como o S Heath, a bateria dura cerca de dois dias e meio. O método de carregamento é igualmente cómodo, basta encostar o relógio ao carregador (carregamento sem fios).  


Liga-se manualmente a redes wi-fi, mas se estiver emparelhado com o telemóvel liga-se automaticamente a todas as redes guardadas no mesmo.


Voltando ao assunto da falta do microfone, apesar de não podermos atender uma chamada e conversar alegremente com o relógio no meio de uma esplanada, partilhando assim as nossas chamadas telefónicas com o resto do mundo, o relógio dá-nos o alerta, assim como sms e emails. Pode-se argumentar que poderia ser útil enquanto se conduz, mas o telemóvel também tem função de alta-voz.


Do ponto de vista estético, o relógio é elegante e tem como ponto a favor o facto de vir com duas braceletes, uma mais pequena para senhoras. Vem com vários mostradores, mas já existem aplicações que lhe permitem escolher um aspecto mais clássico. Optei pelo mostrador do parceiro da Samsung, a Nike, que permite ter acesso à aplicação da “Nike +” com apenas um toque no mostrador. Testámos o modelo Classic, mas este relógio tem um modelo mais jovem e desportivo.


 “Health Partner”, ou parceiro para uma vida saudável, parece-me o cognome apropriado a este relógio, dado que é provavelmente o relógio melhor adaptado a quem faz exercício físico.


No dia-a-dia, o relógio mede todos os passos que dá e indica o objectivo ideal (6000 passos/dia), com resultados acessíveis a partir de um gráfico. Caso esteja muito tempo inactivo, o relógio vibra no seu pulso e no mostrador aparece a mensagem “Toca a mexer!”, dando-lhe os parabéns assim que o faz. Mede também os batimentos cardíacos.


S-Health


Para quem faz desporto esta é realmente a aplicação a ter. Para os adeptos de uma vida saudável, mesmo não tendo o relógio ou qualquer outro aparelho Samsung, aconselho descarregar a aplicação.


Aqui pode registar a quantidade de água que bebe, o café, horas de sono diárias, a frequência cardíaca, a pressão arterial, os níveis de glicémia, o peso e o que come diariamente, bastando seleccionar os alimentos e a aplicação faz o cálculo das calorias. Algumas funções só funcionam com os telemóveis da Samsung, como a medição do oxigénio no sangue e o nível de stress, que é medido pelo sensor nas costas do telemóvel junto à lente da câmara.


Mas mesmo não tendo um telemóvel Samsung, se tiver o Gear S2, poderá usufruir ao máximo esta aplicação. Basta seleccionar o tipo de exercício e o relógio monitoriza o mesmo, medindo a frequência cardíaca e informa-o sobre as calorias que perde. Estas informações são transmitidas à aplicação que vai fazendo o registo através de gráficos. Quando supera as marcas anteriores, o relógio além de lhe dar os parabéns, regista o feito numa espécie de “sala de troféus”, no separador “Prémios”, onde estão todas as suas taças virtuais, como o “Melhor Ritmo”, “Distância mais longa”, “Mais calorias queimadas”, entre outros.


Falámos com o empresário de fitness e atleta de pentatlo militar, Leonel Zava, que acompanhou de perto o teste deste relógio no ginásio.


Leonel Zava partilha a nossa opinião, de que este é um dos relógios mais completos para quem pratica desporto. No entanto, chamou a atenção para pontos que poderiam ser melhorados, como a possibilidade que fazer a média da frequência cardíaca, mostrando a máxima, a mínima e a média. Outro dos pontos, e como o relógio mede os movimentos corporais, é alargar as modalidades de exercício físico. Ninguém faz cardiofitness todos os dias, e por esse motivo, durante o treino semanal só pudemos registar o treino completo um dia por semana. Nos restantes dias, só registámos o exercício durante o aquecimento, porque não há opção de treino de musculação.  


Outra sugestão, queremos um mostrador S-Health, como o da Nike, por favor!


 


Nike+


Como já tinha sido referido, o relógio vem com o mostrador da Nike que dá acesso directo à aplicação, com apenas um toque no écran.


A aplicação liga-se ao Facebook e diz-lhe quais os amigos que utilizam a mesma aplicação e os seus resultados.


No entanto a aplicação tem alguns problemas. Mudámos a contagem para quilómetros (várias vezes), mas continuou a aparecer tudo em milhas. Ou seja, durante o treino ficamos sem saber o que corremos, por nem todas as pessoas sabem quanto é 1 milha. Outro dos problemas encontrados foi o problema do login, que se está constantemente a desligar. Não me apetece muito, cada vez que tenho que aceder à aplicação no telemóvel, estar permanentemente a fazer o login. Seleccionei a opção de login via Facebook e, mesmo no computador leva uma eternidade a entrar no site. Outro dos problemas é, mesmo com login através do Facebook, a aplicação estar constantemente a dizer-nos que os dados de login estão errados. Não, não é um problema de telemóvel, pois isto aconteceu com 3 telemóveis diferentes.


E esta aplicação só é útil para quem corre. No meu caso foi só testada na passadeira. Além disso só regista os quilómetros que corremos (neste caso milhas!), e dá-nos acesso ao que os nossos amigos correm.


Confesso que não fiquei “apaixonada”.


Do ponto de vista técnico, o relógio é rápido, nunca bloqueou ou mostrou algum problema do ponto de vista operacional.


Tem um mostrador de 42mm, o tamanho perfeito para homem e senhora, em aço inoxidável, com um vidro Corning Gorilla 3, écran Super AMOLED touchscreen 16M cores, resolução 360 x 360 pixéis. O sistema operativo é o Tizen-based wearable platform e processador Dual Core1.0 GHz Cortex A7. Memória 4 Gb, e 512 Mb de RAM. Outras funções, tem acelerómetro, gyro, frequência cardíaca, batrómetro, leitores MP3, MP4, AAC e WAV.


O Samsung Gear S2 é sem dúvida um doa melhores Smart Watches do mercado, tornando-se verdadeiramente excepcional quando funciona com os telemóveis da mesma marca, como o Edge S7. Prima sobretudo pela facilidade com que se navega entre aplicações e pela sua estética simples e elegante, que o distingue de outros produtos.


 


A Casio e os 35 anos do G-Shock

É só em Abril do próximo ano, mas a Casio já está a pensar na comemoração dos 35 anos de existência de um dos seus... Ler mais

Casio Edifice e smartphones  - hora certa em todo o mundo

Ter o seu relógio certo em mais de 300 cidades do Mundo, já é possível graças ao novo relógio apresentado pela... Ler mais

O Edifice EQB-600D da Casio

A Casio apresentou hoje quatro novos relógios onde impera a tecnologia, a qualidade de construção e a excelente... Ler mais

Zeppelin “voa” para Portugal

Através da Sociedade de Relojojaria Independente, a Zeppelin, marca alemã produzida pela Pointtec (grupo que detém... Ler mais

O Seiko Astron GPS Solar de Novac Djokovic

Ao longo dos últimos 12 meses, Novak Djokovic jogou em 20 torneios, em 20 cidades, em 12 países.

Seiko apresenta edição especial Novak Djokovic

A Seiko, patrocinadora de Djokovic, um dos seus mais consagrados nomes no mundo do ténis, a pensar no Natal que se... Ler mais

mSign é assinatura digital na Samsung

A Multicert desenvolveu para a Samsung disponibilizar nos seus Galaxy S8, S8+ e Note 8, uma nova forma de assinar legalmente os seus documentos;... Ler mais

A Casio e os 35 anos do G-Shock

É só em Abril do próximo ano, mas a Casio já está a pensar na comemoração dos 35 anos de existência de um dos seus modelos mais populares: o G-... Ler mais

Esquadra 501 com edição especial Fortis

Chama-se “Aviatis Aeromaster Professional Esq.

Kit de Natal do Rock In Rio 2018 com Bruno Mars

O Rock In Rio 2018 vai contar com Bruno Mars para fechar o programa do dia 24 de Junho, e o bilhete para este espetáculo está incluído no Kit de... Ler mais