Chronos do Tempo

O mundo dos relógios e jóias
Os desconhecidos e estranhos "factos" sobre relógios usados (part I)
29/Jan/2014

Se há uma sala de aula que muda a sua perspectiva da vida, será a de medicina legal. Trabalhei nas urgências e na ala dos acidentes graves em 1983, e 2 anos também no serviço militar.A morte é o “objectivo” mais seguro que você irá alcançar na sua vida. O que é que isto tem a ver com relógios?

Na realidade, TUDO. Deixem-me falar-vos da morgue.

Eles retiram todas as roupas e anéis, brincos, colares, pulseiras e os relógios. Estes objectos serão catalogados, e depois atirados, sim….atirados para dentro de um saco! Depois o saco de plástico será atirado para uma mesa, “BOOM”, isto porque os auxiliares que limpam estes corpos…odeiam tipos ricos! Quando eles vêm estes relógios caros, que custam mais do que o que eles irão ganhar durante uma vida inteira…ódio é a palavra certa! Quanto mais rico você for, pior o seu corpo será tratado. Esqueça o que viu na televisão.

Agora os relógios estarão cheios de riscos e molhados com água ensanguentada, porque estiveram a lavar o sangue. E há muito sangue…porque o homem quando está a morrer, geralmente leva a mão ao ferimento! O relógio fica peganhento com o sangue! Está a ficar mal disposto? Há mais…os crimes!!!

Estávamos em 1983/4 quando comecei a trabalhar como consultor para a polícia, a avaliar alguns items apreendidos aos criminosos. Em quase todos os países, você é considerado culpado, até prova em contrário! Se for um suspeito, a polícia exigirá que abra a porta de sua casa, sejam 2 ou 4 da manhã, ou às horas mais inesperadas!

Apreendem os computadores, discos e passaportes, e sim, os relógios também serão levados. De qualquer maneira…tudo será levado dos cofres e das gavetas. Atirado para um saco de plástico, tudo ficará danificado por causa de um estupido mau manuseamento!!! Nem quero pensar naqueles que mais tarde foram considerados inocentes. E há ainda tanto a aprender. Na esquadra de polícia, os sacos apreendidos com relógios e jóias são despejados numa mesa, simplesmente espalhados ao acaso. Sons de aço e ouro a serem esmagados!!!

O meu trabalho vem a seguir, dividir tudo em relógios acimas dos $1,000 USD e abaixo dos $10,000 USD. Qualquer relógio acima dos $200,000 é posto de parte. A seguir, um tabuleiro de plástico azul é posto por baixo da beira da mesa e, os relógios são empurrados lá para dentro pelo meu cotovelo, sim…pelo meu cotovelo, para dentro do tabuleiro azul. Lembro-me de um caso importante em que foram apreendidos cerca de 500 relógios!

Tinha atirado cerca de 400 relógios para uma grande pilha! Meu Deus…o barulho que aquilo fez, os relógios a baterem uns nos outros. O som de esmagamento faz ficar doente qualquer amante de arte. Posso dizer-vos que um polícia mal pago não é um amante de arte.

A seguir, os relógios de $200,000 USD, também usando o meu cotovelo, são empurrados para um tabuleiro de plástico vermelho. “CRASH”. Mas lembrem-se, tudo isto aconteceu numa época em que colecionar relógios ainda NÃO era uma industria de milhões...em 1983/4.

Recentemente, fui chamado a ajudar num caso de polícia passado na zona Euro…um jacto privado de uma empresa de segurança veio buscar-me, muito “James Bond”. Gostei imenso!

Estávamos em 2009 e este era um GRANDE caso de corrupção! O meu trabalho era o mesmo…mas como estávamos em 2009, pensava que os relógios iam ser tratados com amor e carinho. Quero dizer, estas são peças de arte com história! Estava completamente enganado. Estes homens tinham desviado imenso dinheiro…e a polícia não estava muito bem-disposta. Os mesmos gestos: empurrar tudo para um tabuleiro e o resto para outro! Vi aqueles preciosos relógios a serem esmagados e estragados.

Mas aqui está a frase por que estava à espera. Você pode comprar estes relógios!

Os objectos apreendidos vão a leilão assim que o caso estiver resolvido. Terão passado cerca de 2 anos.

Apesar de apreendidos noutro país, o lote será dividido, enviado para diferentes locais ou países, onde poderão atingir um preço mais elevado.

E ali estava eu, tinha lido nos jornais o anúncio que a polícia sempre publica com 5 dias de antecedência. É o salão de baile de um hotel e onde os relógios estão expostos. Eles estão com melhor aspecto. Muito melhor! Os arranhões foram limpos. As amolgadelas e as braceletes partidas não são reparadas. Alguns relógios não trabalham, depois do manuseamento brutal a que foram sujeitos.

A maior parte dos compradores são dealers de relógios usados, que os repararão, comprarão as caixas no eBay e, por vezes, reproduzirão cuidadosamente os “papéis”. Os relógios irão para venda, entre o eBay, lojas de penhores e lojas de relógios usados.

Lição a tirar, quando comprar um relógio usado, certifique-se que sabe a sua história. Ao contrário de algumas peças de arte, os relógios são resistentes…aguentam um mau tratamento. Podem ter um óptimo aspecto mesmo depois de terem passado por tudo isto. Mas eu não gosto de ter o relógio de um homem morto ou de um gangster…dá má sorte!!!

Certifique-se de que os papéis e a caixa são mesmo do relógio. Quando a polícia apreende relógios, na maior parte dos casos esquecem de levar também as caixas. É melhor comprar o seu relógio usado a um amigo, ou a um dealer de confiança que pode informá-lo exactamente quem foi o proprietário anterior.

E agora, aqui está, pela primeira vez o testemunho sobre como e a quem estes relógios são vendidos.

A maior parte dos jornalistas não ganham o suficiente para comprar estas peças de arte. Não sou um jornalista, sou um coleccionador de arte, banda desenhada, mobília e relógios. Sou o homem, ou um dos homens que compra estas peças, de preferência novas. Apesar de que, muitas das vezes, alguns relógios não podem ser comprados novos, porque perdemos a oportunidade de os comprar e eles já não se fabricam.

 (A não perder as novas sugestões – part II - de Bernard Cheong no próximo número da CHRONOS do tempo)

Para seguir as polémicas opiniões de Bernard Cheong, consulte:

http://bernardcheong.com/

http://bernardatdermawan.blogspot.pt/

Bernard Cheong é um colecionador de renome mundial relógio e e amante da alta relojoaria; médico e CEO, e sócio da Lifeline Medical Group, em Singapura.
29/Abr/2014

Os desconhecidos e estranhos "factos" sobre relógios usados e não só. A minha estratégia/opção a coleccionar e a comprar relógios passa por alguma regras que sigo religiosamente, a saber: A GRANDE questão não é quanto ganhei, mas como é que... Ler mais

29/Jan/2014

Em 2003, o genial relojoeiro Vianney Halter foi contractado para fazer o relógio mais complexo do Mundo. Harry Winston ainda não era famoso no mundo dos relógios. O plano era contractar um relojoeiro famoso para criar um relógio único todos os... Ler mais

Novos Astron da Seiko: tecnologia "movida" pelo Sol

A Seiko acaba de lançar três novos modelos no mercado nacional. A bem sucedida gama Astron está mais rica com estes lançamentos. Vejamos: Menos é... Ler mais

Lexus CT 200h Urban Edition

É o mais pequeno dos Lexus; mantém o estilo depurado e dinâmico que caracteriza a marca; e pisca o olho às condutoras femininas que pretendam um... Ler mais

Casio Edifice e smartphones  - hora certa em todo o mundo

Ter o seu relógio certo em mais de 300 cidades do Mundo, já é possível graças ao novo relógio apresentado pela Edifice.

Pilar Mata, Diarsa

Pilar Mata, Directora Geral da Diarsa, distribuidora (para Portugal e Espanha) de marcas como Hublot, Cuervo Y Sobrinos, Eberhard, e Ulysse Nardin... Ler mais